Dizei Beckett in the house 

Sinpse: Vídeo-Instalação para recital do Sindicato de Poesia (Braga)

 

Género: Videodança

Performance: Teresa Fabião

Câmara & Edição: Tiago D'Oliveira

 

Ano: 2012

Desconstruindo o olhar perfeccionista e artificializado da abordagem geral da dança, uma visão poética sobre partes inconscientes do corpo (cabelo, pele, rosto, ...)....

 

Género: Videodança


Criação, Câmara & Edição: Teresa Fabião

 

Ano: 2008

ozmozoom

Lama

O trabalho utiliza o contato-improvisação para propor a exploração cinestésica/ sensorial e provocar uma reflexão acerca do sentido do tato nas relações humanas. 
A Performance Lama pretende desmascarar mascarando. Encurtar distâncias físicas e subjetivas, a partir da utilização das camadas de lama no corpo.
A criação da Performance Lama foi inspirada na obra "Jardim Das Delícias Terrenas", de Hieronymus Bosch.

 

Género: Videodança


Criação coletiva

Câmara & Edição: Drica Borges 

 

Ano: 2008

Estética barroca, sem distinção entre bonito e feio, abundância de formas.
Experiências sobre o corpo transformado em “carne”.
Experiências sobre corpos “desencarnados”.

 

Género: Videodança

Criação, Performance e Edição: Teresa Fabião

Câmara: Pedro Fabião

 

Ano: 2004

Ente

Technorgânico

A constante interacção entre o orgânico (sob a forma de dança), e o digital, o interface audio e visual, materializa a transposição das capacidades humanas para o universo da tecnologia e a natural alteração sensorial daí decorrente, aproximando e confundindo o biológico e o tecnológico não pela supremacia de um meio sobre o outro, mas antes pela coexistência harmónica entre ambos.

 

Género: Dança contemporânea com interface interativo

Criação: Marta Borges e Teresa Fabião

Ano: 2003

Videodança

Curvas Dúbias

“Nem tudo o que parece é”. 


Experimentos em torno da ideia de partes do corpo “ambíguas” (exercício final do workshop de “Choreogeography” com Alex Reuben/ UK).

 

Género: Videodança


Criação: Teresa Fabião, Norma Santana e Adilson Borges

 

Ano: 2009